As Claras 

Pastor de Igreja Batista se revela transexual e fiéis decidem demiti-lo





30/7/2020

Uma Igreja Batista no Canadá decidiu demitir seu pastor depois que ele revelou que, na verdade, se considera uma mulher. Junia Joplin revelou sua “identidade de gênero” durante um sermão que enfatizava a importância de dizer a verdade sem medo das consequências.

“Quero ser a pessoa que Deus me criou para ser”, disse o pastor – que até então se chamava Justin – no culto de domingo. Um mês depois, 111 membros da Igreja Batista Lorne Park, em Mississauga, província de Ontário, no Canadá, realizaram uma votação para decidir o que fazer sobre a revelação, e o placar foi 58 a 53 para demiti-lo.

“Eu me revelei transgênero em junho e fui demitido em julho”, disse Joplin, que atuava como pastor da igreja há seis anos, de acordo com informações do jornal The New York Times.

A Igreja Batista de Lorne Park disse que a votação ocorreu após um mês de “discernimento e discussões em oração” entre o reverendo e a congregação: “A igreja atravessou no mês passado um processo de tentativa de discernir a vontade de Deus”, afirmou em comunicado. “Foi determinado, por razões teológicas, que não é da vontade de Deus que Junia permaneça como nosso pastor”.

Fonte: Tiago CHAGAS


Comente esta notícia:

Comente esta notícia:

Nome:      E-mail: 

Comentário:





Últimas noticias