As Claras 

É bom ficar com um olho no gato e outro no peixe.





4/6/2019

Foto: Reprodução

Meus caros leitores, é evidente que ao priorizar a Reforma da Previdência como principal cavalo de batalha, o governo sabia dos riscos que corria. Percebeu que o projeto é importante mas há outras coisas que também merecem atenção. É claro que é um exagero achar que o Presidente não sabe o que realmente quer. E por saber, muitos não entendem.

O Presidente tem viajado, tem feito gestos de aproximação com o Congresso e com Rodrigo Maia em especial. Graças a isso algumas Medidas provisórias passaram e melhoram consideravelmente a vida do Governo. São boas pro Brasil também. Duas podem ser citadas como fundamentais para auto-afirmação, a MP 870, que aliviou o governo mas remeteu o COAF para a Economia e esta 871 que permite o combate as fraudes contra o INSS.

E que, não por mera coincidência, o PT votou contra. Nem para combater roubo!!!! Pelo escore, 55 à 13, é bom que este pessoal saiba que os tempos mudaram.

Ontem o presidente novamente esteve no Congresso para entregar mudanças no Código Nacional de Trânsito e na validade da CNH que passa para 10 anos. Vantagem que serve apenas para os que tiverem 55 anos como idade limite.

Ao entregar pessoalmente este projeto no mesmo momento em que uma Comissão da Câmara debatia pontos fundamentais da Reforma da Previdência, não dá para dizer que o presidente não tem noção do que faz. É um exagero do Presidente da Comissão Especial da Previdência achar isto.

Bolsonaro entregou para o Congresso a votação da Reforma e cumpre sua agenda presidencial. Sabe que não pode descuidar. E é bom que esteja atento, afinal, está ficando claro que a proposta original não passa. E era a que ele, no fundo, sabia que não iria passar e que também não concordava com tudo.

Por aí pode ter uma válvula de escape pois sabe que o Congresso pretende fazer mudanças e deve fazê-las. Do jeito que veio, analisando com seriedade, não cumpre com o combate a desigualdade e nem salva os pobres de injustiça. É necessário que uma Reforma da Previdência seja aprovada. Ponto.

Qual, ainda vamos descobrir. Mas é bom ficar com um olho no gato e outro no peixe. Para os desavisados, apressados, avisamos que estamos fazendo isso. Com critério e seriedade.

Direto de Brasília,


Fonte: José Woitechumas]


Comente esta notícia:

Comente esta notícia:

Nome:      E-mail: 

Comentário:





Últimas noticias